JÀ NO AR (Beta)

JÀ NO AR (Beta)
Clique e assista

quarta-feira, 27 de março de 2013

Ossada de mulher encontrada em Araruama RJ

A ossada de uma mulher foi encontrada nesta quarta-feira (27) em Araruama, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, em um terreno do bairro Praia do Hóspicio. Segundo investigações da polícia, Aldeir da Silva Gomes foi enterrada no local em 2010.
 (Foto: Heitor Moreira)


Segundo a Polícia Civil, uma das vítimas de uma quadrilha que comprava imóveis de idosos e depois matava os proprietários.

Esta semana, dois homens suspeitos de integrar a quadrilha foram presos. Um deles, Paulo Sérgio de Souza, levou nesta quarta-feira os policiais até o local onde a mulher teria sido enterrada e deu detalhes de como o crime teria acontecido.

Segundo as investigações, Aldair Gomes desapareceu em 2010, no mesmo dia em que teria feito uma procuração de compra e venda de um imóvel em nome de Paulo Sérgio.

A polícia prendeu dois homens suspeitos de integrar uma quadrilha que atua na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro

 (Foto: Heitor Moreira)
Uma das vítimas da quadrilha foi o engenheiro Luís Lesuir Mendonça, de 68 anos. Segundo a polícia, a necessidade de pagar o tratamento para a mulher doente o obrigou a vender uma casa de praia no bairro da Pontinha, em Araruama.



De acordo com as investigações, para negociar o imóvel, Luís recebeu em casa Paulo Sérgio de Souza.Eles concordaram em fazer uma escritura de compra e venda da residência. Em seguida, Paulo entregou para a vítima um cheque sem fundos no valor de R$ 100 mil como primeira parcela do negócio.

Segundo a polícia, Luis desapareceu no dia 15 de março quando tentava apresentar o cheque ao banco. Os investigadores acreditam que Paulo Sérgio armou uma emboscada para o engenheiro ficar com o imóvel. De acordo com a polícia, Luis foi sequestrado, esfaqueado e enterrado ainda com vida.

A presidente do Tribunal de Justiça, Leila Mariano, investiga a conivência de outras pessoas com o esquema e vai pedir uma busca da Corregedoria nos cartórios da Região dos Lagos.

  

Nenhum comentário:

Portal Galdinosaqua